Os 4 pilares de como transformar seguidores em clientes

Você é um dos veterinários que têm uma página cheia de seguidores com 30 mil, 100 mil, 200 mil e não tem uma agenda lotada?

O que explicaria termos um número tão significativo de seguidores e isso não refletir no engajamento das páginas e não ter uma agenda cheia?

Algumas pessoas começaram a “comprar” seguidores e muitas vezes essa estratégia não resulta em bom retorno, porque são pessoas interessadas no seu conteúdo, mas não estão interessadas nos seus serviços e não vão virar seus clientes.

Como podemos fazer para ter um bom número com seguidores, dando audiência às redes interessadas no conteúdo que está sendo entregue? Com uma geração de conteúdos de valor, entregando aos seguidores o que eles vão gostar de receber e passar a lhe ver como uma referência na área e aí sim com essa audiência tornar-se seus clientes.

 

1º passo:


Planeje com eficiência o que você vai apresentar com os conteúdos, mantendo uma boa constância para o engajamento dessa desejada audiência. Em um primeiro momento a quantidade não é tão importante assim. A qualidade e a constância atualizada sim, para a audiência manter o interesse em segui-lo, é importantíssimo.

 

2º passo:


Entender com quem você está falando. Para o conteúdo que você está fazendo para suas redes sociais, quem são as pessoas que vão acessar sua informação? Não serão outros veterinários que se interessarão pelos seus conteúdos. Leve em consideração a linguagem que você já fala com seu cliente no seu dia a dia. Reflita sobre o que gera interesse no seu público-alvo e terá um bom planejamento de conteúdo.

 

3º passo:


É o conteúdo de valor específico para suas “personas”. Temos muitos colegas que adoram publicar várias selfies, nada contra. Apenas o engajamento conquistado com esse tipo de conteúdo provavelmente não irá gerar clientes. O engajamento vem de pessoas que acompanham os hábitos que você tem, mas você não conquistará essas pessoas como clientes porque elas não estão o seguindo pelo seu conteúdo médico e sim pelo seu conteúdo pessoal ou forma de vida. Então pense na sua persona para analisar quem é o público que você quer impactar e que o esteja seguindo, assim se definirá melhor o conteúdo que vai atrair esse público que você deseja reverter como clientes.

Vale ressaltar que as fotos pessoais são importantes e fazem parte do planejamento de conteúdos. As pessoas gostam de engajar-se com esse tipo de postagem, mas, como todas as nossas escolhas, precisa de um equilíbrio.

 

4º passo:


Há extremos de alguns veterinários que fazem das suas redes um catálogo de produtos ou serviços que você presta. Dessa forma, ao invés de engajar seu público, você está passando uma imagem de só vender os serviços que você realiza para ele. Se o conteúdo for para falar de algum tratamento, cirurgia bem realizada ou alguma doença, a intenção desse conteúdo tem de ser em transformar essa informação em novos clientes.

Se você por exemplo é dermatologista, na entrega do seu conteúdo você fala três linhas sobre atopia e já faz a conversão dos seus contatos para agenciarem uma consulta. Você não está entregando nada de valor e acaba priorizando que sua audiência entre logo em contato. Depois de ter-se posicionado como profissional e gerou valor, você pode direcionar o conteúdo para venda/conversão.

Enfim o que devemos fazer como estratégia ideal para ter seguidores interessados nas informações, que engajem no seu conteúdo (porque isso é uma forma de mensurar o movimento da sua agenda) e de fato liguem solicitando uma consulta?

Equilibrando esses dois últimos passos que comentamos para vocês. Não apresentar muitas selfies e não fazendo um catálogo de vendas das suas páginas. Equilibrar esses conteúdos onde o foco seja gerar valor para seu cliente, engajando sua audiência com suas postagens, gerando consultas e agenda cheia.

É importante você entender que as redes sociais não entregam tudo que você posta. Para todo tipo de campanha ela tem de ser pensada estrategicamente para que, ao ser impulsionada, tenha o alcance no público-alvo de interesse de seguimento para essa campanha. As chances de conversão para impactar pessoas que se interessam por esse conteúdo podem ser maiores do que fazer anúncios em mídias tradicionais, porque o conteúdo chegará de fato às pessoas determinadas e segmentadas como seu público-alvo. Sem impulsionar, você dificilmente terá o alcance necessário para conseguir impactar, transformar ou ter essas pessoas como clientes.

São estratégias simples que você pode utilizar para converter seus seguidores em clientes. Nos preocupamos em passar para vocês algumas boas estratégias sem ferir as legislações do CFMV.

Acompanhe nossos conteúdos. Vamos compilar as principais legislações sobre postagens pertinentes nas redes sociais.

 

Prof. Dr. Marco Antonio Gioso FMVZ-USP – www.usp.br/locfmvz

Esp. M.V. Karina Costa @karinacosta.mktveterinario

 

 

Comentários
Carregando...