Revista Negócios Pet

Copa do Mundo X Contas à Pagar

Tanta corrupção, desemprego e outras dificuldades que nos exigem foco para condução e solução, que nem sobra ânimo para esse tema.

No nosso segmento, o que se explora são produtos temáticos e, ainda assim, talvez não com a mesma intensidade de investimento por parte dos lojistas e de compra pelos consumidores.

Agora um fato que não pode ser ignorado de forma nenhuma é que esse período acaba por consumir a agenda de atendimento, reduzindo a carga horária útil para faturamento e os compromissos continuam na mesma intensidade.

Para completar, a mudança climática influencia diretamente o volume de serviços de estética e também tem o mês de julho, marcado pelas férias que, em algumas regiões, derrubam feio o faturamento.

A pergunta é: “Como faço para atravessar esse período e sair vivo?”

Muito bem, não existe mágica. Alguns caminhos são possíveis e árduos para seguir, mas trazem resultado. A base de todos é ter uma visão numérica do faturamento médio mensal, por dia útil em cada mês, isso reflete sazonalidade e carga de trabalho.

Uma alternativa é incrementar a venda de serviços pré-pagos para garantir um faturamento mais próximo do necessário. Em seguida, ter uma previsão de necessidade de dinheiro para esses períodos magros.

Um caminho pode ser poupar mensalmente a diferença entre as receitas previstas líquidas e as saídas totais, que, aliás, é difícil, mas extremamente saudável, porque se não usar vira reserva. Outra alternativa é incrementar a venda de acessórios temáticos, conforme seu público, como faturamento extra.

Creio que seja imprescindível divulgar a qualidade dos serviços de estética e a água climatizada, porque ainda existe muita gente que acha que o banho é frio.

Sem dúvida que de grande importância também é oferecer os serviços veterinários, vacinas e demais, que contribuam para a saúde dos pets no sentido preventivo, além dos tratamentos.

Em finanças existe uma máxima que diz: “A despesa é certa e a receita é duvidosa”, portanto, explorar alternativas é recomendado a todos, porque se uma falhar, outra poderá contribuir para a solução.

Gestão sempre envolve um grupo de opções e estuda meios factíveis para execução, então, saber a demanda financeira da sua empresa é o mínimo para traçar possibilidades. Criatividade sempre tem espaço e pode ser uma ótima geradora de receitas.

Tive cliente que oferecia serviço de escovação e eliminação de pelos para aqueles céticos sobre dar banho no Inverno. Resolveu 100%? Claro que não, porém criou-se uma receita que não existia, ficou no meio do caminho entre zero de faturamento e a receita do banho. Um começo, não acha?

Voltando ao quesito de Copa e dias úteis, não deixe para a última hora para pensar ou lamentar o assunto. Planejamento, disciplina na execução e continuidade trazem resultados. Lembre-se do ditado que enquanto uns choram, outros vendem lenços.

Não adianta lastimar e não tomar providências. Acredito que pensar em serviços, intensificar acessórios, roupas, caminhas, etc., é uma forma, mesmo parcial que precisa ser explorada.

Se puder dar um conselho, busque criar as alternativas para a sua empresa e olhe outros mercados, porque ficar “seguindo” concorrente é cruel e leva para o buraco, porque ele tem a estratégia e o seguidor não sabe o caminho.

Se chegamos até aqui, precisamos tocar adiante e estudar sempre. Treinar a equipe, buscar produtos, aprimorar o ambiente e a experiência do cliente, porque no fundo o que traz receita é a experiência que você proporciona.

Uma empresa sem atrativos, na média e igual às outras está bem na linha de risco de sentir fortes oscilações e sofrer com isso.

Não tem receita de bolo, aliás, tem sim! Arregaçar as mangas e trabalhar dentro da sua realidade. Isso traz resultados.

Menos dias úteis para igual receita… Força e fé! Um abraço e bons negócios!

Jefferson Braga é fundador da PetCon$ult, consultor sênior com formação em Administração e Pós-graduações em Gestão e Administração Financeira e Controladoria. Ministra palestras, treinamentos e aconselhamento empresarial pelo Brasil, atuando desde 2000 como consultor do segmento.

jefferson@petconsult.com.br

www.petconsult.com.br

Facebook (PetConsult Consultoria)

 

 

 

 

 

Gostou do conteúdo desta matéria? Compartilhe com seus amigos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Revista Negócios Pet

A Revista Negócios Pet é direcionada para lojistas de pet shop, escolas de banhos e tosa, clínicas veterinárias e lojas de aquário.É uma vitrine de novidade com produtos e de acessórios mais utilizados pelos profissionais da área, assim podem trabalhar com as melhores marcas do mercado pet.

Receba nossas novidades e promoções

Fique tranquilo, não enviamos spams e nem compartilhamos seus dados.

A Revista Negócios Pet é direcionada para lojistas de pet shop, escolas de banhos e tosa, clínicas veterinárias e lojas de aquário.É uma vitrine de novidade com produtos e de acessórios mais utilizados pelos profissionais da área, assim podem trabalhar com as melhores marcas do mercado pet.