Revista NP

Revista Negócios Pet

O teu posicionamento como marca pessoal o torna único no mercado?

O teu posicionamento como marca pessoal o torna único no mercado?

Já parou para pensar no que significa o termo “marca pessoal”? Bom, na realidade, a compreensão é bem simples: a sua “marca” representa tudo aquilo que está atrelado a você. Marcas existem para empresas, assim como para profissionais. E da mesma maneira que é possível escutar o nome de uma loja e já entender qual o seu principal serviço, o desenvolvimento de uma marca pessoal forte é capaz de fazer com que aquele nome seja o mais lembrado e relevante quando o assunto é uma especialidade no mercado. Mas, isso acontecerá apenas se for construída uma marca consistente e fundamentada, além de um posicionamento que torne a marca única, especial e específica.

No mercado PET, se você é dono de um pet shop, de um centro estético, de uma clínica veterinária ou se é um médico-veterinário, banhista ou groomer, todos têm uma marca pessoal antes da marca do negócio que representam. É por meio da marca pessoal que o empreendimento que possuem ou trabalham é conhecido pelas outras pessoas. O nome de cada profissional vem antes do nome da empresa, por isso é imprescindível que tenhamos a nossa marca pessoal bem construída e posicionada como queremos ser reconhecidos.

Ao criar perfis nas redes sociais, você já está espalhando conteúdo e expressando a sua visão enquanto marca. Isso inclui sua postura profissional e tudo o que você posta e compartilha de outras fontes. Se você deseja construir uma imagem profissional forte, que de fato seja reconhecida pelo valor que você agrega ao que faz, é preciso que haja coerência em seu conteúdo e na sua fala. É de suma importância que expresse seus valores, suas opiniões e até o seu propósito, mantendo uma congruência entre o que você diz e faz, a fim de trazer para a sua audiência a percepção de que tem uma opinião formada, embasada e é capaz de ser referência na sua área. Elevar a percepção pessoal que o mercado tem de você também é uma estratégia para subir o conceito no mercado, que inclusive, estará disposto a pagar mais pelos serviços porque enxergará autoridade em você.

“Posicionamento é o que as pessoas dizem sobre você, quando você não está na sala.” A frase de Jeff Bezos, CEO da Amazon, define bem o que se entende por posicionamento. Você já parou para pensar sobre isso? O mercado conhece você e pelo quê? Qual a especialidade que diferencia você dos demais? O que você comunica como profissional? E como marca pessoal? E ainda, como as pessoas percebem a sua marca e o que dizem quando você não está na sala? São muitos pontos para serem levados em consideração quando enxergamos valor e relevância em ter uma marca pessoal sólida, séria e congruente. E para ser de verdade um profissional diferenciado, com rentabilidade acima da média do mercado, reconhecido pelo que faz com louvor é preciso encontrar que eu chamo de “caminho do meio”.

Esse caminho é encontrado por meio de um planejamento de branding voltado para a marca pessoal, em que são analisados diversos pontos cruciais para a criação e desenvolvimento de reputação, de autoridade, especificidade e muito repertório. É possível também encontrar por meio deste planejamento, os elementos únicos da sua marca e que trarão a diferenciação dentro do nicho de atuação, além de encontrar a maneira exata de se comunicar com os diferentes públicos e ser reconhecido por sua especialidade, elevando a forma de se rentabilizar. É um trabalho minucioso de ser visto e considerado pelo mercado uma referência, com mais propriedade e valor agregado, que coloca a marca nos trilhos.
Aproveito para deixar algumas dicas importantes de como aprimorar a marca pessoal:

1. Tenha foco

Seja especialista na sua área ou nicho, não generalista. Quem quer atender a tudo e a todos, não atinge mercado algum e não é lembrado por uma especificidade. Quanto mais restrita e focada for sua marca, mais fácil será para as pessoas lembrarem quem você é. E quando chega a hora de contratar um profissional como você para palestras, trabalho, recomendações, sua marca será lembrada.

2. Seja autêntico

O mercado já tem muitas cópias do mesmo profissional e nicho. Então, procure sempre se diferenciar por seu repertório, conhecimento e networking.

3. Olhar de fora

É muito importante saber como colegas, amigos e até mesmo o mercado, te enxergam. Peça um feedback para eles. Outro jeito de saber como o mercado te vê é fazendo uma busca com o seu nome na internet. Veja em que assuntos está relacionado, se positivos ou negativos. Potenciais empresas ou parceiros buscam por credenciais na internet. Aparecer em conteúdos positivos é a dica para deixar uma boa impressão no mundo virtual.

4. Impressão digital

Não tem volta. É na internet que tudo acontece. Você precisa ter a estratégia de marca pessoal focada também para o meio on-line. Isso porque os mercados estão cada vez mais digitalizados e a internet é a maior fonte na busca de informações de todos os tipos. Então, deixe a sua impressão digital na rede de forma ética e congruente com seus valores e propósito.

5. Tenha clareza do propósito

A marca pessoal é construída a partir do nosso DNA, sobre a nossa identidade, valores e habilidades. Por isso, é fundamental sempre levar em conta nosso propósito e aquilo que queremos conquistar. Já parou para pensar qual é o seu?

6. Alavanque e potencialize seu networking

Sabe quando você participa de um evento e, mesmo conversando com várias pessoas, recorda-se apenas de uma ou outra? Esse é um exemplo da relevância de ter uma marca pessoal bem construída e posicionada. Para se destacar é preciso ter segurança sobre quem você é e sobre o que está comunicando. Afinal, pessoas se conectam com pessoa. Como você quer ser lembrado pelos outros?

*Kaká Cerutti é estrategista de marca com foco em diferenciação, autenticidade e posicionamento e gestora de marketing da empóriopet®.

Gostou? Compartilhe!

Veja também...

Clique na imagem para folhear a revista 

Eventos Próximos

Parceiros

Revista Negócios Pet

A Revista Negócios Pet é direcionada para lojistas de pet shop, escolas de banhos e tosa, clínicas veterinárias e lojas de aquário.É uma vitrine de novidade com produtos e de acessórios mais utilizados pelos profissionais da área, assim podem trabalhar com as melhores marcas do mercado pet.

Receba nossas novidades e promoções

Fique tranquilo, não enviamos spams e nem compartilhamos seus dados.

A Revista Negócios Pet é direcionada para lojistas de pet shop, escolas de banhos e tosa, clínicas veterinárias e lojas de aquário.É uma vitrine de novidade com produtos e de acessórios mais utilizados pelos profissionais da área, assim podem trabalhar com as melhores marcas do mercado pet.