Revista Negócios Pet

Festas de fim de ano podem reunir alimentos perigosos para a saúde dos pets

Festas de fim de ano podem reunir alimentos perigosos para a saúde dos pets

Mirela Luiz

Com a chegada das comemorações de Ano Novo é preciso redobrar a atenção com os pets. Em um momento de pandemia, em que muitas famílias permanecerão em casa na chegada de 2022, é válido lembrar que as refeições típicas das festas de fim de ano podem fazer muito mal a cães e gatos!

Nem todos os alimentos consumidos podem ser oferecidos aos bichinhos de estimação. Quem alerta é o médico-veterinário Flavio Silva, supervisor de capacitação técnicocientífica da Premier Pet. “Alimentos que fazem a alegria dos humanos podem esconder diversos perigos para os animais. Uva, chocolate, alho e cebola são apenas alguns exemplos de ingredientes muito usados nos pratos típicos desta época do ano e que podem intoxicar cães e gatos. Sem falar nos exageros que comprometem o equilíbrio nutricional e causam mais mal-estar do que satisfação ao animal”, destaca o especialista.

Por isso, é muito importante resistir aos olhares pidões, aos apelos insistentes e não partilhar as refeições e aperitivos com os pets. É preciso atenção também para que eles não “roubem” nada da mesa ou do chão, inclusive os copos com bebidas alcoólicas eventualmente esquecidos.

“Claro que algumas vezes é difícil resistir, especialmente nesta época do ano em que há mais fartura e união em torno das refeições. O pet é membro da família e é natural que ele seja incluído das festas. Porém, é necessário encontrar outro meio de inclusão, como, por exemplo, brincadeiras e petiscos específicos para eles, como cookies e alimentos úmidos”, finaliza Silva.

Como evitar intoxicação alimentar no pet nas festas de fim de ano

  • Alimentos tóxicos: É preciso sempre avisar ao tutor para que fique atento aos alimentos que fazem parte da ceia, mas são proibidos para cães e gatos, como a cebola, alho, chocolate, uva e macadâmia.
  • Cuidados com as bebidas: Não deixe copos de bebida alcoólica pela casa. Além de afetar o estômago, a bebida pode causar sérias complicações, como a intoxicação alcoólica.
  • Atenção com o lixo: Mantenha o lixo em locais apropriados e fora do alcance dos animais. Isso pode causar intoxicação alimentar e até mesmo ferimentos, dependendo do tipo de material que houver dentro do lixo.
  • Enfeites natalinos: Os enfeites espalhados pela casa também podem causar danos aos pets. Objetos em locais de fácil acesso, como na árvore de Natal, podem ser pegos pelo animal e até ingeridos, causando engasgamento ou algum problema mais sério.

Gostou do conteúdo desta matéria? Compartilhe com seus amigos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Revista Negócios Pet

A Revista Negócios Pet é direcionada para lojistas de pet shop, escolas de banhos e tosa, clínicas veterinárias e lojas de aquário.É uma vitrine de novidade com produtos e de acessórios mais utilizados pelos profissionais da área, assim podem trabalhar com as melhores marcas do mercado pet.

Receba nossas novidades e promoções

Fique tranquilo, não enviamos spams e nem compartilhamos seus dados.

A Revista Negócios Pet é direcionada para lojistas de pet shop, escolas de banhos e tosa, clínicas veterinárias e lojas de aquário.É uma vitrine de novidade com produtos e de acessórios mais utilizados pelos profissionais da área, assim podem trabalhar com as melhores marcas do mercado pet.