Revista Negócios Pet

O que é DRE?

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

O que é DRE?

No setor pet, os números que os veterinários amam é o de creatinina, função hepática, hematócrito, leucocitose com desvio à esquerda, etc. Eles são a essência para cuidar dos pets, pois sua técnica de diagnóstico e tratamento são seu “core-business”; sem eles não haverá números para calcular o DRE: pets que morrem ou não são curados não fazem o cliente feliz, que por sua vez não voltará e não o indicará, e assim cairá seu faturamento e não se fará nem o DRE, pois clientes não geram receita.

Os maiores hospitais brasileiros atendem na clínica perto de 100 animais diariamente (serve como referência). Seu papel como gestor da própria clínica é criar uma visão de onde quer chegar, como e em quanto tempo.

Com receita alcançam-se números financeiros e se chega ao DRE que pode ser feito em Excel ou no seu software de gestão. Nele se incluem:

• Receita (dividida por setores ou serviços).

• Gasto (despesas e custos). Custos são essenciais, como aluguel, salários, água, luz. Despesas são perdas, roubos, inadimplência, investimentos.

• Lucro operacional e líquido.

• Ebitda ou lajida (números “fictícios” que refletem o quanto de fato a empresa fez de receita, pois nesta variável você não desconta as dívidas com bancos e outras amortizações, impostos, juros ou depreciação.

LAJIDA é Lucro Antes (de descontar, pagar) os Juros, Impostos, Depreciação (de equipamentos) e Amortização (de dívidas).

 

Nas despesas se incluem:

• Seu pró-labore (não deve ser mais alto que 1,5% do faturamento bruto anual, pagos mensalmente). Se sua empresa fatura 1 milhão por ano, e ela estiver saudável, você, único sócio pode retirar de maneira fixa 1,5% dos 1 milhão, isto é, 15 mil reais por mês. Mais sócios significa menos porcentagem. Erro comum é dono de negócio não se pagar pró-labore fixo e apenas tirar dividendos (lucro pago ao sócio).

• Outro erro é não incluir aluguel quando o imóvel é próprio.

• Salários.

• Não se deve ter mais de 40% de receita comprometida com salários.

• Não se deve pagar mais de 5% de aluguel e IPTU.

• Lucro deve ser maior que 15%.

• Insumos até 12%.

São KPIs que saem do DRE e mostram nossa luta em mantê-los nos padrões desejados.

Um dono de negócio deve investir ao menos 10 horas semanais na gestão do DRE, caso contrário se terá apenas uma clínica ou pet shop, mas não uma empresa verdadeira! Se você odeia estes números, a gestão, contrate alguém para assumi-los, mas não deixe de auditá-los semanalmente. A decisão é sua!

Prof. Dr. Marco Antonio Gioso FMVZ-USP – www.usp.br/locfmvz

 

 

Agora Nossa Edição Digital é Gratuita!

Garanta a sua assinatura e receba mensalmente nossas Edições no Formato Digital

Outras matérias que você pode gostar

Receba avisos dos próximos eventos do setor pet
Inscrever
close-image