Pet-commerce da Petz ganha prêmio inédito em Cannes

Além do Brasil, programa para estudantes de veterinária contempla universidades do México e da Colômbia.

A Petz conquistou pela primeira vez um Leão de Ouro no Festival Internacional de Criatividade de Cannes. O Pet-commerce da Petz levou o prêmio na categoria de uso criativo de dados – Creative Data. O sistema com inteligência artificial e reconhecimento facial para cachorros da Petz foi criado pela Ogilvy Brasil e desenvolvido pelas empresas D2G Tecnologia e Hogarth. Com o Leão de Ouro, o Brasil alcançou também o melhor resultado no número de prêmios da Creative Data, categoria criada para o Festival em 2015.

“Um Leão de Ouro é realmente um prêmio muito especial. O Pet-commerce foi uma escolha ousada de investimento em inovação. Fomos os pioneiros nesse tipo de tecnologia com reconhecimento facial de cachorros. O prêmio é o reconhecimento dessa aposta criativa e inovadora”, comemora o diretor comercial e marketing da Petz, Luciano Sessim.

Com tecnologia inovadora, o Pet-commerce é uma ferramenta que permite a interação do pet, fazendo a leitura das reações dele e detectando preferências. Através do sistema, a imagem do cachorro e suas reações são captadas por câmera de computadores, tablets, ou smartphones, durante apresentações em vídeo de brinquedos, bolinhas e petiscos. Pela reação do cachorro, o sistema identifica se ele gostou ou não do produto apresentado, estabelecendo o nível de interesse em um gráfico de ossinhos.

Lançada este ano, a inovação tecnológica teve forte engajamento nas redes sociais. Em apenas quatro dias, entre o lançamento (29 de abril) e 2 de maio, quase 2 milhões de usuários visualizaram o vídeo sobre o Pet-commerce. Posts sobre o sistema alcançaram 4 milhões de usuários do Facebook e Youtube. A maioria dos comentários foi positiva ou de usuários marcando outras pessoas para mostrar a novidade. Houve menções espontâneas do sistema em diversos países: Itália, Estados Unidos, África do Sul, Canadá, Ucrânia, Austrália.

Milhares de fotos de cachorros foram testadas no sistema de inteligência artificial para execução do projeto. Para construir a melhor experiência de navegação possível para os cachorros, foi desenvolvido O primeiro UX para usuários caninos. Vários aspectos foram considerados, entre eles, e o mais importante, a visão dos cachorros. Diferente dos humanos, eles enxergam numa escala de amarelos e azuis. Além disso, não prestam atenção em imagens estáticas. Por isso, todos os produtos do Pet-commerce são apresentados em vídeos e na paleta de amarelos e azuis. O áudio também foi ajustado para melhor percepção do som.

No site da Petz, o consumidor encontra o tutorial sobre o que fazer para que seu cachorro “tenha voz” na hora das compras.

 

 

Comentários
Carregando...