Revista Negócios Pet

Buldogue Campeiro

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Buldogue Campeiro

Existem algumas teorias para o surgimento do Buldogue Campeiro no Brasil. A mais defendida diz que a raça tem suas origens no Buldogue Inglês e no Bull Terrier, que vieram da Europa a partir do século XVIII. Essa teoria é a mais provável, pois o atual Buldogue Campeiro carrega as mesmas características do Buldogue Inglês, que possuía um perfil e atributos mais apropriados para o trabalho, mas que foram sendo perdidos com o passar do tempo.

Essa raça teve uma grande participação no crescimento agropecuário do Brasil. Ela era muito utilizada nos campos gaúchos, sendo um excelente capturador e controlador de gado e também foi usado no Mato Grosso do Sul, como ajudante no abate de porcos e de outros animais.

Nos anos 70, o Buldogue Campeiro passou por um período de quase extinção. Isso ocorreu devido à regulamentação e imposição de leis e medidas sanitárias para matadouros e também à popularização de outras raças de cachorro.

Porém, o cinófilo Ralf Schein Bender se apaixonou pela raça em 1970 e percorreu o Brasil procurando exemplares do Buldogue Campeiro. Ele resgatou e aprimorou a raça. Seu esforço foi compensado e em 2001 a CBKC (Confederação Brasileira de Cinofilia) passou a reconhecer oficialmente a raça, mas ainda não é reconhecida pela FCI (Federação Cinológica Internacional).

Cão de grande porte, bastante forte, potente e musculoso. Possui pelo curto, liso, nem áspero, nem macio. Encontrado nas cores marrom, louro-dourado, creme, marrom-avermelhado e tigrado. As orelhas são pequenas, triangulares e levemente dobradas.

Os machos e as fêmeas podem pesar entre 35 e 45 kg e ambos podem medir entre 48 e 58 cm.

A raça é versátil porque é de fácil adaptação. São companheiros, leais e fiéis aos donos e familiares. Estão sempre em alerta, por isso são bons cães de guarda. O Buldogue Campeiro precisa de exercícios durante o cotidiano, assim o dono deve sempre levá-lo a lugares em que ele possa correr, brincar e se divertir.

São inteligentes e aprendem as coisas com muita rapidez e facilidade. Além disso, adoram estar na companhia do dono. São sociáveis e afetuosos com crianças.

Todavia, o Buldogue Campeiro é um pouco ciumento e muito desconfiado com pessoas estranhas. Uma das principais características desta raça é que eles só latem quando há necessidades. Corajosos, são excelentes cães de guarda.

 

Fontes: canaldopet e caesonline

 

 

 

Agora Nossa Edição Digital é Gratuita!

Garanta a sua assinatura e receba mensalmente nossas Edições no Formato Digital

Outras matérias que você pode gostar

Receba avisos dos próximos eventos do setor pet
Inscrever
close-image