Shiba – A raposa de casa

Shiba – A raposa de casa

Por:

Com as orelhas apontadas para o alto e a aparência que lembra uma raposa, o Shiba é o menor, mais antigo e um dos cachorros mais populares do Japão.

Embora tenha sido reconhecido oficialmente pelo American Kennel Club somente em 1993, a raça é uma das mais antigas de que se tem registro, com a origem datada por volta de 300 a.C. Outras teorias afirmam que esses cães existem há muito mais tempo. Arqueólogos encontraram indícios que remontam a cerca de 3 mil anos antes de Cristo.

Mesmo pequeno, o Shiba é muito resistente, capaz de viajar por montanhas e colinas onde o homem não conseguia e com uma excelente habilidade para a caça.

Além de animais pequenos como pássaros, surpreendentemente, esse cachorro também era caçador de javalis. Em 1936, a raça Shiba foi declarada como tesouro nacional japonês. Entretanto, na Segunda Guerra Mundial e devido a uma doença, a raça quase foi extinta. Para reverter o quadro e preservar a espécie, os criadores cruzaram as três variações da raça existentes à época, o Shinshu Shiba, o Mino Shiba e o Sanin Shiba. O esforço em manter esse patrimônio cultural felizmente deu certo e esse adorável cachorro sobreviveu. Desde então, ganha cada vez mais popularidade e segue conquistando famílias pelo mundo.

Com a aparência de uma raposa, musculoso, mas considerado pequeno em comparação aos cachorros da família Spitz, o Shiba vai conquistar você primeiro com seus pequenos olhos, rosto incrivelmente fofo e pelo macio; depois, pelo seu jeito bem-humorado e brincalhão! Também conhecido como Shiba Inu e pequeno Akita, é um ótimo cachorro de guarda, alerta, ágil e desconfiado com estranhos. Com a família, é carinhoso e muito leal. O Shiba tem personalidade forte e precisa de um tutor com pulso firme, pois é um cachorro muito confiante, atrevido e independente. Há quem diga que seja teimoso, mas, na verdade, é de espírito livre, que faz o que deseja e é muito inteligente.

O pelo liso do Shiba apresenta colorações nítidas e intensas: vermelho (castanho com um rico tom avermelhado), preto e marcas bem definidas em tons de castanho e sésamo (pelos com pontas pretas e fundo vermelho, que dão a aparência de raposa aos cachorros da raça).

Em todas as cores, assim como no Akita, é fundamental a presença de urajiro, um termo em japonês que descreve um pelo esbranquiçado nas bochechas e laterais do focinho, abaixo da mandíbula e do queixo, no peito e estômago, na parte inferior da cauda e na parte interna das pernas.

O Shiba também pode ser branco ou creme, mas essa cor é considerada fora dos padrões estabelecidos pela AKC (American Kennel Club) porque dificulta (ou mesmo impede) a visibilidade das marcas de urajiro. O Shiba pode pesar entre 7 kg e 11 kg e a altura varia de 33 cm a 43 cm.

 

 

Compartilhe

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Outras matérias que você pode gostar

Receba nossas novidades em seu Email

Revista Negócios Pet

A Revista Negócios Pet é direcionada para lojistas de pet shop, escolas de banhos e tosa, clínicas veterinárias e lojas de aquário.É uma vitrine de novidade com produtos e de acessórios mais utilizados pelos profissionais da área, assim podem trabalhar com as melhores marcas do mercado pet.