Revista Negócios Pet

Banho & Tosa – O pH Correto da Pele dos Canídeos

Qual seu significado e importância para os cães.

A sigla pH significa potencial de hidrogênio e é uma medida físico-química utilizada para indicar a acidez, neutralidade ou alcalinidade de uma solução aquosa, ou seja, qualquer solução em que o diluente seja a água.

A escala de medida de pH varia de 0 a 14, sendo 0 (zero) o valor mais ácido, 7 o mais neutro e 14 o valor mais alcalino.

O pH desempenha várias funções de grande importância na pele dos animais. Como a manutenção da barreira epidérmica tem um papel fundamental na defesa antimicrobiana da pele, é indispensável para a homeostase da permeabilidade da barreira epidérmica e  mantém a integridade/coesão do estrato córneo.[userpro_private]

O conhecimento do pH da pele é indispensável, na medida em que permite realizar escolhas através de agentes tópicos, isto é: xampus, condicionadores e, principalmente, dermocosméticos com ações medicamentosas, possibilitando um aumento da eficácia terapêutica coadjuvante. É importante destacar que ligeiras alterações no pH da pele podem resultar em manifestações clínicas, das quais é comum acontecer no momento da limpeza com o uso inadequado de produtos. Por isso é tão importante utilizar xampu específico para pet e não o de uso humano e infantil,  pois o pH é totalmente diferente.

O pH da pele dos canídeos difere do da pele dos seres humanos, demonstrando ter tendências para ser o mais elevado das espécies de mamíferos. Existem estudos desde 1942 até 2010 sobre este assunto. Em um recente estudo realizado por Oh e Oh (2009) e Ferreira, Martins & Correia (2010) determinaram que canídeos apresentam um pH de pele, que tende para a alcalinidade de acordo com as regiões anatômicas. Algumas regiões possuem neutralidade que gera uma média de 7,5.

Estes resultados de pH resultam em uma combinação de diversos fatores. Células epidérmicas e glândulas sudoríparas (sebáceas, atriquiais e epitriquiais) responsáveis por produzirem o suor e secreções sebáceas possuem um papel importante no pH da pele. Os animais que apresentam alopecia (diminuição de pelagem) apresentam um pH mais baixo, em vista de áreas pilosas com um pH maior, devido à presença de glândulas sudoríparas. Os valores de pH variam de acordo com regiões anatômicas, idade, raça, época do ano, pigmentação e umidade da pele.[/userpro_private]

Silene Araújo é farmacêutica do Grupo Orba / Pet Clean.

Gostou do conteúdo desta matéria? Compartilhe com seus amigos.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on email
Email

Revista Negócios Pet

A Revista Negócios Pet é direcionada para lojistas de pet shop, escolas de banhos e tosa, clínicas veterinárias e lojas de aquário.É uma vitrine de novidade com produtos e de acessórios mais utilizados pelos profissionais da área, assim podem trabalhar com as melhores marcas do mercado pet.

Receba nossas novidades e promoções

Fique tranquilo, não enviamos spams e nem compartilhamos seus dados.

A Revista Negócios Pet é direcionada para lojistas de pet shop, escolas de banhos e tosa, clínicas veterinárias e lojas de aquário.É uma vitrine de novidade com produtos e de acessórios mais utilizados pelos profissionais da área, assim podem trabalhar com as melhores marcas do mercado pet.
Dev by Megaflood